O trabalho dos Ceramistas do Poty Velho teve início em 1964, através do Sr. Raimundo Nonato da Paz. As primeiras peças foram surgindo a partir das necessidades da comunidade. Em contraste com a atual situação das mulheres, a principal atividade que gerava renda na época estava em torno dos trabalhos nas olarias. Durante muito tempo diversas famílias trabalhavam na produção e armazenamento de tijolos. Poti Velho foi à fundação da Acepoti (Associação dos Ceramistas do Poti Velho), pois através dela surgiram diversas lideranças.
Ao longo de tantas conquistas alguns membros da associação foram percebendo que podiam ganhar mais espaço, que podiam também tomar a frente dos negócios, já que havia outras possibilidades de se utilizar o barro. Então após um curso de produção de bijuteria em cerâmica, realizado pelo SEBRAE, as mulheres da comunidade também foram à luta para conquistarem seu espaço, encabeçando assim uma linha de produção voltada também a uma necessidade de mercado que não era atendida pelo polo. Assim nasce a Cooperativa de Artesanato do Poti Velho

[fonte:http://cooperart-poty.blogspot.com.br]

© fotos do acervo por Pierre Yves Refalo. Para compra de peças entre em contato direto com os artesãos.